Portal Terapia Espiritualista 
Os anjos em nossa vida
Os anjos em nossa vida

anjos

Do livro: O Anjo em nosso Corpo Astral, de Rudolf Steiner

Uma missão importante dos Anjos em nossa existência aqui na Terra é, segundo Rudolf Steiner, a de que eles plasmam imagens em nosso corpo astral, com o objetivo de que essas imagens possam interferir positivamente nas decisões e evolução do ser humano.

Eu entendo que essas tais imagens funcionem como arquivos motivacionais e de apoio, que podem ser ativados pela intenção e vontade da criatura. Estas imagens são um programa de apoio implantado por Anjos, que são Espíritos de alta hierarquia, para facilitar o desenvolvimento do planeta, diz Steiner.

O pai da Antroposofia informa que estas imagens só podem ser percebidas pelo ser humano quando tiver desenvolvido a clarividência, que é uma qualidade superior de percepção que se adquire com o desenvolvimento da consciência espiritual.

É um projeto divino para alterar o rumo da humanidade, libertando-a de medos e domínios. Incentiva e apoia no ser humano a consciência de não se sentir plenamente feliz enquanto outra criatura sofre.

Isto representa a implantação na Terra da absoluta fraternidade, quando cada indivíduo ver no outro ser humano o ser divino que existe nele.

Quando existir essa consciência, todo encontro de uma pessoa com outra, será um ato religioso, um encontro divino, resgatando e executando na prática a afirmação do Cristo: Em ti Pedro, edifico minha Igreja.

Lisandra tem ideias originais e pensa com profundidade. Seu marido, foi trocar o carro por um outro novo. Ela ficou fora da Agência. Estava desinteressada daquele evento, expressivo para ele.

Sentou-se na calçada e terminou o lanche que comprara. O que restou, guardou enquanto olhava com curiosidade o homem que puxava um carrinho de quinquilharias, catadas no lixo.
Ofereceu o lanche para o pobre, ele aceitou e sentou do seu lado.

Enquanto saboreava o sanduíche, o homem contou sua história. Desilusões, bebida e a perda da família. Desfez as sombras, refletiu e alterou sua frequência mental, diz ele com calma. Vive na rua, dorme em qualquer lugar. Ela indaga se ele acredita em Deus. Ele confirma e acrescenta, olhando-a com firmeza nos olhos: “Este lugar aqui é o templo que meu Deus habita. E você é minha Igreja”.

Ele se calou. Ela ficou meditando, emocionada. Os transeuntes, que ainda vivem na “sombra” viam um mendigo e uma mulher. Os outros observavam dois seres iluminados num Templo!

Segundo Rudolf Steiner, estamos realizando uma transição extraordinária, porque as criaturas vão transpor o abismo da sombra do “pensar terrenamente” para as planícies iluminadas do “pensar divino”. Ou seja, todos vão pensar como Espírito.

O catador de lixo pensa divinamente, quando transforma um simples encontro numa calçada com uma mulher desconhecida num evento de extrema grandeza.

Estas duas pessoas estão no caminho da aquisição do Livre-Arbítrio, ou seja, eles buscam o direito de decidir sua direção e caminhar livremente para Deus.

Quem ou o que garante que “estou no caminho certo”? Indagam os incrédulos. A vida é um enigma, não basta nascer, trabalhar, ir a Igreja, casar, ter filhos e morrer!

Num programa de TV, Murilo, um rapaz de 27 anos, encontrou o pai, que o abandonara com quinze dias de vida. E explicou com meridiana clareza, ao entrevistador: “Sim, vou perdoar a atitude dele. Quem sabe essa era a missão que estava reservada para nós dois. Ele, ser meu pai biológico, realizar depois um caminho, organizar outra família e no ocaso de seus dias, restituir para mim a alegria de ter o calor do seu abraço e a certeza de sua presença em minha vida.

O rapaz expressou com muita leveza o que sentia e pensava, livre das algemas sociais e fora dos padrões humanos. Descontaminou-se e se libertou da visão humana.

Resgatar essa possibilidade de ser livre, para realizar a sua crença e praticar a sua fé, é um caminho bom. Os Anjos fazem a sua parte, implantando as imagens/caminhos que vão lhe dar a oportunidade de seguir com liberdade/responsabilidade o seu Livre-Arbítrio.

No final de tudo, na grande cerimônia das consequências, estará você e Deus!

Em alguns povos da antiguidade, o discípulo sai para realizar sua missão, retorna e diante do Mestre, mostra suas mãos. E nelas estão escritas suas ideias e atitudes. Sua mão, sua sentença!

O que Deus vai ler em suas mãos? Pense nisso!

 

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ONLINE
4