Portal Terapia Espiritualista 
Aprenda a cultivar os bons sentimentos
Aprenda a cultivar os bons sentimentos

amizade4

Fonte: http://www.zastros.com.br/

Quem planta o bem, colhe o bem. Por isso, é extremamente importante que cultivemos os bons sentimentos. Amor, felicidade, compaixão, respeito, cumplicidade, amizade e perdão. Com estes ingredientes, você consegue se imunizar de qualquer energia negativa.

Aprenda a cultivar os bons sentimentos:

1 – Amor: Este é o maior e o melhor sentimento que você pode ter dentro de você. Quando amamos somos capazes de tudo para ver o outro bem. Por isso, expresse o amor em gesto e palavras, não tenha vergonha de amar jamais!

2 – Felicidade: Todo mundo busca a felicidade, sem ela nada compensa ou vale a pena. Portanto, tire da sua vida tudo aquilo o que te traz tristeza, te faz chorar, te deixa inquieto, enfim, tudo aquilo o que não serve para a sua vida!

3 – Compaixão: “Fazer o bem sem olhar a quem”. Este ditado é uma verdadeira lição de vida. Agir com compaixão, esbanjando bondade, é fazer o bem a você mesmo. Por isso, estenda a mão, ofereça o seu ombro e ceda as suas palavras sempre que alguém precisar!

4 – Respeito: Quando a gente age com respeito, ganha respeito. E nada melhor do que conviver num meio onde o respeito com o outro e com você mesmo é que dita as regras. A boa convivência depende desta única atitude.

5 – Cumplicidade: O respeito gera a cumplicidade quando a relação envolve outros tipos de sentimento. Em um romance, por exemplo, a cumplicidade é o item fundamental.

6 – Amizade: O que seria de nossas vidas sem os verdadeiros amigos? Cuide daqueles que merecem e tente perdoar aqueles que, por alguma razão, erraram com você. A amizade é um sentimento inerente à existência humana. É impossível ser feliz sozinho!

7 – Capacidade de perdoar: Errar é humano e, uma hora ou outra, a gente vai errar. Contudo, mais importante do o erro em si é a sua atitude após o erro. Sempre que estiver envolvido em uma situação assim, avalie bem se o melhor é perdoar e seguir em frente ou, então, remoer sentimentos que não te farão bem.