Portal Terapia Espiritualista 
Alcance o autoconhecimento através da meditação
Alcance o autoconhecimento através da meditação

Alcance o autoconhecimento através da meditação

Para muitos, a meditação é apenas uma maneira de relaxar ou se livrar do estresse causado pela dura rotina do dia a dia. Mas, na verdade ela não é só isso. A meditação é uma forma de autoconhecimento. O ato de meditar leva o ser humano a reconhecer o seu corpo, os seus sentidos e a trabalhar a sua mente.

Quando “paramos de pensar”, como muitos definem o processo da meditação conseguimos mergulhar em nós mesmos, deparando-nos assim com nossas angústias, nossos medos e nos livrando de cada um deles. É como se tivéssemos que fazer uma limpeza diária, uma faxina que começa na mente, mas se reflete no corpo, através de um bem-estar incomparável.

“O Ritual da meditação é baseado na construção de hábitos diários. É saudável realizar duas sessões diárias, de 10 a 20 minutos cada, uma pela manhã e outra à noite, depois do trabalho ou antes de dormir”, explica o professor de Yoga, Maurício Salém.

De acordo com o especialista, é preciso buscar um ambiente propício, um local onde seja possível sentar e respirar. Pode ser de frente para uma janela ou mesmo a uma parede. Pode ser em casa ou em um local aberto.

A construção de um pequeno altar, com flores, incensos e música suave completa a harmonia do local. Mas, atenção para não cometer exageros, pois excesso de estímulo pode atrapalhar. “Incensos, quando exageradamente sintéticos e colocados em ambientes fechados, atrapalham e prejudicam a respiração, portanto, é preciso cuidado”, alertou Maurício.

Confira um passo a passo preparado pelo professor Maurício Salém:

Pela manhã: a meditação diurna ajuda a pessoa a manter a serenidade, clareza e foco. O ideal é fazer após acordar, tomar banho ou lavar o rosto. Espreguiçar e bocejar são importantes para espantar o sono e não dormir na meditação. A respiração é importante.

À tarde e à noite: ajuda na eliminação do estresse e ilusões geradas ao longo do dia. Atua, também, na tranquilidade do sono, o que irá garantir um bom repouso. À noite, deite-se no chão e espreguice de forma a soltar as tensões e reorganizar o tônus muscular.

Faça uma prece e agradeça pelo dia vivido e as experiências obtidas. Perdoe quem tenha te ofendido e vá dormir sem magoas. A meditação também pode ser feita em família, antes de dormir. Lembre-se de que ao terminar a meditação da noite, você não deve se prender à televisão ou ao computador.

Mantra:
Pode ser um trecho de uma música ou uma frase curta que faça algum significado positivo. Pode ser também uma sentença de autoafirmação. Este mantra deve ser trabalhado junto à respiração. Irá servir para ancorar a concentração da mente.

1º Etapa – Verbalizado:
Inspire profundamente e recite a frase em voz baixa, colocando sua atenção no que é dito. O ideal é que seja uma frase curta e com sentido, possível de ser dita em uma exalação.

2º Etapa – Mentalizando:
Com o pensamento claro, inspire. Depois, expire. Mantenha o foco e realize estas ações em repetição. Depois volte para a 1ª etapa. O exercício da meditação serve para disciplinar a mente. A mente sempre irá querer fugir do foco, isso é normal. Cabe a você manter a concentração. Com o tempo, perceberá que esta tarefa se tornará mais simples.

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ONLINE
3